TERAPIA INDIVIDUAL

Será terapia o que precisa?

Sente-se mais triste do que o habitual, sem energia? Nota uma alteração nos seus padrões de sono e alimentares? Tem dificuldade em concentrar-se ou a ter esperança no futuro?

Os seus pensamentos consomem-no/a e, por isso, tem dificuldade em relaxar?

Teve um bebé recentemente e pensa que poderá estar a sofrer de depressão pós-parto?

Trabalha num ambiente muito stressante, durante longas horas, e sente-se esgotado/a física e emocionalmente?

Mudou-se para a Holanda e têm tido dificuldade em adaptar-se?

Está a passar por uma fase difícil na sua vida e não sabe como lidar com isso?

Tem outras preocupações, aqui não mencionadas, mas que gostaria de discutir em terapia individual?

Se se revê algum destes cenários, então tome o passo seguinte e procure ajuda profissional. Poderei ajudá-lo/a a encontrar uma vida mais equilibrada.

Como é que a terapia pode ajudar?

A terapia pode ajudá-lo/a a compreender melhor as motivações para os seus comportamentos através do conhecimento íntimo dos seus pensamentos, sentimentos e do impato destes no seu modo de agir. Ao aprofundar o conhecimento do seu mundo interior, poderá melhor antecipar  as suas reações e planear formas alternativas de responder às situações. A terapia também pode ajudá-lo/a a realçar as ações que já está a tomar e que poderão estar já a contribuir para a melhoria da sua situação. Isto poderá fazê-lo sentir-se mais motivado para alcançar os seus objetivos.

Como é que a terapia funciona?

O processo terapêutico tem três fases interligadas. A primeira fase incluiu obter uma compreensão dos problemas. A partir daqui, serão criados objetivos específicos para o/a levar à mudança. Em seguida, é a fase da intervenção, durante a qual implementará estratégias para resolver ou minimizar os seu problemas. Finalmente, na terceira fase, a fase do término da terapia, as sessões serão mais espaçadas e o progresso monitorizado de forma a planearmos o fim da terapia.

Que abordagens uso?

As abordagens por mim usadas são fundamentalmente a Terapia Cognitiva-Comportamental (TCC), a Terapia Focada nas Soluções (TFS) e uma perspectiva sistémica (PS). A TCC é uma terapia empírica que diz que a forma como as pessoas avaliam o mundo à sua volta influencia a forma como elas reagem às situações.  As nossas reações são compostas de sentimentos, pensamentos e ações que se encontram interligados e que são influenciadas pelo contexto em que ocorrem. A TFS explora as soluções alternativas a um problema, as quais ainda não foram ativadas ou que estão em progresso mas não são consideradas por nós como soluções. A PS olha para a pessoa na sua vertente global e não apenas como um ser isolado dos outros do seu contexto familiar e social. Por esta razão, também será explorado quem no seu contexto social o/a poderá ajudar a alcançar os seus objetivos.

Qual é a duração e frequência das sessões?

A duração da terapia depende dos problemas que deseja abordar, há quanto tempo vem a ter esses problemas, da sua motivação para a mudança e da forma como se adapta à minha abordagem.  Ainda que não possa precisar o número de sessões necessárias de antemão, ao longo das semanas de terapia iremos discutir o progresso e a sua satisfação com a mesma. A primeira sessão dura 90 minutos, e as restantes 45 minutos.